Site Overlay

Bolsa sobe e fecha em 122 mil pontos, puxada por Petrobras; dólar cai a R$ 5,22

O Ibovespa, principal índice da B3, fechou em alta nesta sexta-feira (7) enquanto o dólar recuou sobre o real, com investidores repercutindo a divulgação do relatório de empregos dos Estados Unidos, que decepcionou fortemente as expectativas dos mercados e alimentou expectativas de que as taxas de juros sigam reduzidas por lá.

O Ibovespa subiu 1,77%, aos 122.038 pontos. Na semana, o índice subiu 2,64%. Já o dólar caiu 0,96%, comercializado a R$ 5,227, após chegar a R$ 5,20 na mínima do dia. Na semana, a moeda recuou 3,76%. Veja outras cotações.

A economia norte-americana criou apenas 266 mil vagas de trabalho no mês passado, informou o Departamento de Trabalho dos EUA nesta sexta, uma leitura bem mais fraca do que a expectativa em pesquisa da Reuters, que projetava a abertura de 978 mil postos de trabalho no período.

A leitura do mercado é de que a recuperação do mercado de trabalho dos Estados Unidos está longe de completa, afastando rumores de que o Federal Reserve (Fed), o banco central do país, possa elevar os juros antes do esperado.

Com isso, o dólar caía em relação a diversas modas pelo mundo nesta sexta. Lira turca, rand sul-africano e peso mexicano, três dos principais pares do real, estavam entre as que registravam ganhos na esteira do relatório de emprego.

Cenário interno

Enquanto isso, os investidores seguem repercutindo a alta da Selic na quarta-feira (7), enquanto permanecem atentos à agenda de privatizações doméstica, pauta que é considerada pelos mercados como de extrema relevância para a credibilidade do país diante do investidor estrangeiro.

O governo brasileiro espera concluir o processo de privatização da Eletrobras (ELET3 e ELET6) até janeiro de 2022, em meio à expectativa de que a medida provisória que abre espaço para a operação possa ser votada na Câmara dos Deputados na semana do dia 17 deste mês, disse o secretário da Desestatização do Ministério da Economia, Diogo Mac Cord, na quinta-feira.

“Entramos na reta final da tramitação da MP e as duas Casas Legislativas parecem estar alinhadas quanto a prazos e o próprio projeto”, disseram analistas da Levante Investimentos em nota, embora tenham ressaltado que “um impeditivo importante pode ser a CPI da Covid, que tem sido o tema central na Casa e atrapalha os planos do governo.”

A investigação da abordagem adotada pelo governo de Jair Bolsonaro diante da pandemia tem sido apontada repetidamente pelos investidores como um dos principais pontos de incerteza política nos últimos dias. Em meio ao clima tenso em Brasília, o presidente chamou de “canalhas” parlamentares da CPI da Covid do Senado que o criticam pela defesa do uso da cloroquina e da ivermectina – drogas sem eficácia comprovada contra a covid-19 – no tratamento da doença provocada pelo novo coronavírus.

Destaques da bolsa

As ações da Petrobras (PETR3 e PETR4) subiram mais de 3%, puxando o Ibovespa para cima devido ao peso importante que têm sobre a composição do índice.

CCR (CCRO3) disparou 10,25%, após a Andrade Gutierrez avisar a CCR sobre intenção de vender sua participação de 14,86% na empresa após oferta vinculante recebida pela IG4 Capital Investimentos.

BANCO DO BRASIL (BBAS3) subiu 2,5%, tendo de pano de fundo lucro acima do esperado no primeiro trimestre, enquanto o CEO do banco de controle estatal afirmou que o presidente Jair Bolsonaro pediu aumento na rentabilidade da instituição.

B3 (B3SA3) subiu 5%, apoiada no crescimento acima das expectativas do lucro do primeiro trimestre, diante de um ambiente ainda robusto de ofertas de ações e pela volatilidade do mercado, que impulsionou os volumes e as receitas no período.