Site Overlay

Dólar volta a ficar acima de R$ 5; Ibovespa opera em queda

O dólar opera em alta, acima de R$ 5 nesta quarta-feira (30), enquanto o principal indicador da bolsa de valores brasileira, o Ibovespa, opera em queda. Investidores seguem de olho na reforma tributária, em dia também de repercussão de denúncias de corrupção do governo Bolsonaro na compra de vacinas contra a covid-19.

Por volta das 12h, o Ibovespa recuava 0,63%, aos 126.524,36 pontos. Veja a cotação do Ibovespa hoje. Já o dólar avançava 1,12%, negociado a R$ 4,9972. Mais cedo, a moeda alcançou a máxima do dia de R$ 5,0109.

O dólar também é afetado por volatilidade devido à formação da Ptax de fim de mês. Apesar da alta, a moeda norte-americana caminhava para fechar junho em queda acentuada frente ao real, o que marcará seu terceiro mês consecutivo de desvalorização.

No radar dos investidores brasileiros, “enquanto as incertezas quanto à reforma tributária seguem tirando fôlego dos ativos locais, a nova acusação de corrupção contra o governo na compra do imunizante da AstraZeneca promete manter tensões elevadas em Brasília”, disse em nota Victor Beyruti, economista da Guide Investimentos.

O Ministério da Saúde anunciou na noite de terça-feira a exoneração do servidor Roberto Ferreira Dias, acusado de pedir propina a um representante de uma empresa vendedora de vacinas para que a companhia assinasse um contrato de fornecimento do imunizante da AstraZeneca com o governo federal.

Segundo especialistas, a notícia representa escalada nas investigações da CPI da Covid-19 no Senado. “A CPI ajuda a fragilizar a situação do Executivo”, escreveu em blog Dan Kawa, CIO da TAG Investimentos. “As propostas de reformas vindas do Executivo devem ‘custar mais caro’ politicamente, assim como sua posição política perante a sociedade fica mais fragilizada à medida que o tempo passa.”

Mais dados do cenário interno

Além do cenário político conturbado, o mercado reage ainda a dados econômicos divulgados nesta quarta. Mais cedo, o Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE) divulgou que o desemprego e o número de desempregados no Brasil permaneceram em taxas recordes nos três meses até abril. Apesar de esperado, tal cenário é desfavorável para uma aceleração no consumo no país.

Para o estrategista-chefe do banco digital modalmais, Felipe Sichel, contudo, nos próximos meses, a aceleração da vacinação deve ajudar no controle da pandemia e na melhora dos indicadores do mercado de trabalho.

Os sinais de agravamento da crise hídrica também estão no radar, segundo o economista-chefe da SulAmérica Investimento, Newton Rosa, por causa dos potenciais efeitos no comportamento da inflação.

Lá fora

Já no exterior, o foco dos investidores internacionais estava na disseminação da variante Delta do coronavírus, mais infecciosa. Indonésia, Malásia, Tailândia e Austrália estão enfrentando surtos e apertando as medidas contra a covid-19, enquanto Espanha e Portugal anunciaram restrições para turistas britânicos não vacinados.

Ao mesmo tempo, os mercados aguardavam ansiosamente dados sobre a criação de empregos nos Estados Unidos, que podem fornecer pistas sobre o futuro da política monetária do Federal Reserve (Fed). Este mês, os investidores foram surpreendidos por uma guinada “hawkish” (favorável a alta de juros nos EUA), ou dura com a inflação, na perspectiva de juros do banco central norte-americano.

Dados separados, menos abrangentes, desta quarta-feira mostraram que a criação de vagas de trabalho no setor privado dos EUA aumentou de forma sólida em junho.

Destaques da bolsa

CCR (CCRO3) valorizava-se, após acordo preliminar sobre disputas judiciais com o Estado de São Paulo envolvendo aditivos de concessões acertados em 2006. Pelo acordo, controladas da companhia se comprometeram com pagamento total de R$ 1,2 bilhão de ao governo paulista.

B2W (BTOW3) perdia, com outras varejistas também em queda, após números ainda negativos sobre a recuperação do mercado de trabalho no país. Magazine Luiza (MGLU3) caía, tendo ainda no radar anúncio de que iniciou investimentos para abrir 50 lojas no estado do Rio de Janeiro este ano.

CVC (CVCB3) recuava, com os dados de emprego corroborando alguma correção nos papéis, que no mês ainda acumulam valorização de cerca de 13%.

Itaú (ITUB4) e Bradesco (BBDC4) caíam, ainda sofrendo com as potenciais mudanças propostas na segunda fase da reforma tributária. Já a unit do Banco Inter (BIDI11) subia, após aprovar pagamento de juros sobre capital próprio e em meio a movimento recente de estrangeiros comprando participações em fintechs brasileiras.

Bolsas mundiais

Wall Street

O S&P 500 rondava máximas recordes nesta quarta-feira, de olho na criação de vagas fora do setor privado nos Estados Unidos em junho, enquanto os principais índices de ações norte-americanos estavam no caminho de marcar seu quinto trimestre consecutivo de ganhos.

Às 11:38 (horário de Brasília):

  • O índice Dow Jones subia 0,43%, a 34.438 pontos
  • O S&P 500 ganhava 0,0706%, a 4.295 pontos
  • O índice de tecnologia Nasdaq recuava 0,16%, a 14.505 pontos

Ásia e Pacífico

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,65%, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,5%, também auxiliado por dados sobre a atividade industrial fracos que acalmaram temores de um aperto da política monetária.

O índice de start-ups ChiNext, de Shenzen, subiu 2,1% nesta quarta-feira, para uma máxima em seis anos, enquanto o índice STAR50, de Xangai, focado em tecnologia, subiu 1,7%.

  • Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,07%, a 28.791 pontos.
  • Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,57%, a 28.827 pontos.
  • Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,50%, a 3.591 pontos.
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,65%, a 5.224 pontos.
  • Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,30%, a 3.296 pontos.
  • Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,89%, a 17.755 pontos.
  • Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 1,33%, a 3.130 pontos.
  • Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,16%, a 7.313 pontos.

(*Com informação da Reuters)

Veja Mais