Site Overlay

Ibovespa fecha em queda, de olho em CPI, inflação e Orçamento; dólar sobe

O principal índice da bolsa brasileira, o Ibovespa, fechou em queda nesta sexta-feira (9), em meio a um ambiente menos favorável ao risco no exterior. Os investidores estiveram de olho nos avanços nas negociações do Orçamento de 2021 e na instauração da CPI da covid-19 no Brasil.

O Ibovespa recuou 0,54%, a 117.669 pontos. Já o dólar subiu 1,81%, negociado em R$ 5,675. Veja mais cotações do mercado.

Na visão da equipe do Safra, o Ibovespa segue em tendência de alta no curto prazo após ter encerrado na véspera acima de sua resistência em 117.300 pontos.

“Acima desta, poderá encontrar sua próxima resistência em 120.900 pontos. Do lado da baixa, encontrará suporte em 115.000 pontos. Se perder este, poderá chegar ao suporte em 110.900 pontos”, afirmaram os analisas em relatório a clientes.

O presidente Jair Bolsonaro atacou nesta sexta-feira (9) o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, após ele ter determinado a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito da covid-19. Bolsonaro disse que falta “coragem moral” a Barroso e que ele fez “politicalha” ao determinar a abertura da CPI.

inflação oficial medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acelerou para 0,93% em março e chegou ao nível mais elevado para o mês em seis anos, superando o teto da meta do governo. A alta da gasolina e do botijão de gás pesaram. Em 12 meses, o IPCA alcançou 6,10%.

Destaques da bolsa

A Sabesp (SBSP3) subiu 2,7% após a Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de São Paulo autorizar revisão tarifária da companhia, com cobrança de R$ 5,1251 por metro cúbico para 2021.

A Via Varejo (VVAR3) teve dia de baixa de 3,48%, com papéis de comércio eletrônico corrigindo após forte valorização na véspera. Magazine Luiza (MGLU3) caiu 0,78% e B2W (BTWO3) 1,17%.

Já a ação preferencial da Petrobras (PETR4) recuou 0,21%, tendo no radar a queda dos preços do petróleo no exterior, além de assembleia geral extraordinária (AGE) da companhia na segunda-feira. A empresa recebeu de acionistas que detêm em conjunto mais de 5% das suas ações ordinárias a solicitação de adoção do sistema de voto múltiplo na eleição de candidatos ao conselho.

Bolsas globais

O índice S&P 500 subiu e bateu novo recorde nesta sexta-feira, uma vez que ações ligadas à economia, incluindo de bancos e do setor industrial, tinham alta com o otimismo em torno do forte crescimento econômico dos Estados Unidos.

O índice Dow Jones subiu 0,89%, a 33.800 pontos, enquanto o S&P 500 avançou 0,77%, a 4.128 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq subiu 0,51%, a 13.900 pontos.

Os índices acionários europeus mostraram fraqueza nesta sexta-feira, mas registraram a mais longa série de ganhos semanais desde novembro de 2019 diante de esperanças de recuperação no crescimento econômico, o que compensou as dúvidas sobre o programa de vacinação contra a covid-19 na zona do euro.

  • Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,38%, a 6.915 pontos.
  • Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,21%, a 15.234 pontos.
  • Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,06%, a 6.169 pontos.
  • Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,60%, a 24.429 pontos.
  • Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,83%, a 8.565 pontos.
  • Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,25%, a 5.017 pontos.

*Com Reuters