Site Overlay

Lojas Americanas e Americanas saltam; Vale cai mais de 6%, abaixo dos R$ 70

Os papéis da Lojas Americanas ampliaram a alta registrada mais cedo e lideravam a lista das principais valorizações do Ibovespa na tarde desta quarta-feira (3) em meio ao avanço do processo de fusão com as Americanas, que também subia forte.

Por volta das 14h, os papéis da mineradora Vale performavam entre as principais baixas do indicador, com viés também negativo para as ações da Petrobras e das siderúrgicas.

Fora do Ibovespa, as ações da Oi subiam após decisão do Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) envolvendo a venda dos ativos móveis da companhia.

Confira os destaques registrados por volta das 14h:

Americanas

Os papéis da Lojas Americanas (LAME4) subiam 11,76%, negociados a R$ 5,70, enquanto as ações da Americanas (AMER3) tinham alta de 4,48%, para R$ 32,61, em meio ao avanço do processo de fusão das empresas. Os controladores serão diluídos e deterão uma participação de 29,2% participação na empresa combinada Americanas. Após concluída a operação, as ações da Americanas detidas por Lojas Americanas serão canceladas e cada acionista da varejista receberá 0,186 ação ordinária no novo negócio. A companhia sinalizou de que permanece a ideia de listar as ações nos EUA.

Banco Pan

Banco Pan (BPAN4) que mais cedo recuava 4,77%, caía 0,71%, para R$ 13,97. A companhia registrou lucro líquido de R$ 191 milhões no terceiro trimestre, alta de 12% em relação ao mesmo período do ano passado, mas queda de 5% na base trimestral. A carteira de crédito expandida encerrou os três meses até setembro com saldo de R$ 33,262 bilhões, crescimento de 31% ano a ano, mas de 3% em relação a abril a junho. A companhia registrou aumento nas provisões e inadimplência no terceiro trimestre.

Petrobras

A Petrobras (PETR4) caía 2,36%, cotada a R$ 27,34, enquanto a PetroRio (PRIO3) recuava 0,90%, para R$ 23,19 em dia negativo para o petróleo na esteira do forte declínio dos preços do petróleo no exterior, com queda de 2% do brent.

Siderúrgicas

Entre as siderúrgicas, a CSN (CSNA3) caía 4,10%, para R$ 22,20; Usiminas (USIM5) perdia 3,66%, para R$ 12,62, e a Gerdau (GGBR4) recuava 2,07%, para R$ 26,05. A mineradora Vale (VALE3) tinha baixa de 6,57%, para R$ 67,59. O UBS também cortou o preço-alvo do ADR da companhia de US$ 15 para US$ 11.

Oi

A Oi (OIBR3) subia 6,06%, para a R$ 1,06, após a Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) recomendar que a operação envolvendo a venda dos ativos móveis da empresa para TIM (TIMP3), Claro e Telefônica Brasil (VIVT3) seja aprovada com a adoção de remédios que mitiguem riscos concorrenciais.

*Com informações da Reuters

Veja também

  • De poupança à criptomoedas: onde cada geração investe?
  • Além do Ibovespa: ações fora do índice podem ser boas oportunidades?
  • Empreendedorismo: 7 dicas para ter uma sociedade vencedora
  • SUVs brilham em meio à crise da indústria no Brasil
  • Round 6, da Netflix, mostra como estar endividado molda nossas decisões