Site Overlay

Marisa dispara mais de 10%; Eneva e Hering têm leve alta; JHSF cai

O pregão desta sexta-feira (6) começa com poucas variações nos papéis das companhias que reportaram na véspera seus balanços financeiros. Quem avança forte são as ação da Marisa Lojas (AMAR3), após anúncio de uma possível combinação de negócios com a Americanas (AMER3).

Por volta das 10h30, as ações da varejista subiam 10,87%, negociadas a R$ 8,16. Já os papéis das Americanas tinham desvalorização de 0,97%, para R$ 47,20.

Entre as companhias que divulgaram seus resultados financeiros, a gestora de shoppings e empreendimentos imobiliários de alto padrão JHSF (JHSF3) registrava leve queda de 0,40%, negociada a R$ 7,52, após anunciar que seu lucro de abril a junho somou R$ 321,4 milhões, um aumento de 26,4% ante o mesmo intervalo do ano passado.

Eneva (ENEV3) avançava 0,59%, a R$ 16,97. A companhia aumentou em 38% o seu lucro líquido no segundo trimestre, para R$ 118,1 milhões, com impulso de uma antecipação de despachos de suas térmicas, que foram chamadas a produzir antes devido à seca que afeta a geração hidrelétrica do país.

Cia Hering (HGTX3) tinha ganhos de 0,69%, a R$ 36,65. O lucro líquido do trimestre, de R$ 7,1 milhões, foi bastante inferior ao de um ano antes, quando a companhia contabilizou R$ 126,9 milhões, beneficiado pelo reconhecimento de um crédito judicial ligado a um processo fiscal.

Quem também subia na bolsa era a construtora Tenda (TEND3), com alta de 1,57%, cotada a R$ 21,38, depois de registrar lucro líquido de R$ 34 milhões no trimestre, uma queda de 16% na variação anual.

(*Com informações da Reuters)

Veja também

  • Com Selic a 5,25% ao ano, dá pra ‘surfar’ com a marcação a mercado?
  • 7 taxas que o investidor precisa conhecer antes de investir
  • Bolsa Família e precatórios preocupam mercado; entenda o tema em 7 pontos
  • Copom mais rígido X Ibovespa em queda; o que faltou?