Site Overlay

Nubank lança cartão de crédito para negativados e desbancarizados

Em um país com mais de 60 milhões de brasileiros que não conseguem ter acesso ao crédito – seja pela falta de histórico nas instituições financeiras ou por ter o nome sujo- o Nubank encontrou uma porta de entrada para lançar um novo produto.

É o novo cartão de crédito pré-pago do banco digital, o lançamento foi anunciado nesta quinta-feira (18).

O cartão, focado em desbancarizados e inadimplentes, vai ter os mesmos serviços que um cartão de crédito convencional, entre estes compras online e parcelamentos, com a diferença que o limite de crédito disponível será carregado por meio de uma transferência desde a NuConta.

O valor enviado será equivalente ao limite total do cartão, há ainda um diferencial frente aos concorrentes do segmento: o montante que não for utilizado pode ser resgatado a qualquer momento. Isso claro se a fatura já tiver sido paga ou o valor não fizer parte de alguma compra parcelada.

O objetivo é que este novo cartão seja a porta de entrada para incluir financeiramente inadimplentes e desbancarizados. Uma pesquisa feita pelo banco digital revelou que cerca de 20% dos clientes nunca teve um cartão de crédito na vida.

O novo produto busca fornecer uma experiência de pagamento a prazo para os clientes com menos risco de endividamento. O cartão pré-pago deve ainda servir como uma oportunidade para construir um histórico de crédito com o Nubank e depois de acordo com o perfil de usuário e pontualidade nos pagamentos pode até garantir que o cliente tenha acesso a um cartão tradicional com limite pré-aprovado.

/* Standard banner (header banner) Code expands to max width of parent element. 970x250,728x90.468x60,300x100 and other sizes. */

O Nubank informou que o serviço ainda está em fase de teste e disponível apenas para convidados, mas deve ser disponibilizado para todos os clientes nas próximas semanas.

No final de janeiro, o banco digital levantou US$ 400 milhões em sua sétima rodada de financiamentos e passou a ser avaliado em US$ 25 bilhões. Com isso, a fintech fundada pelo colombiano David Velez passou a ser o quarto maior banco da América Latina, atrás de Itaú Unibanco (ITUB4), Bradesco (BBDC4) e Santander Brasil (SANB11).

Após o novo aporte, o Nubank mais que dobrou de tamanho desde sua última rodada de financiamento, em julho de 2019, quando era avaliado em US$ 10 bilhões. Assim, o banco digital já ultrapassa instituições como Banco do Brasil (BBAS3) e BTG Pactual (BPAC11) em valor de mercado na bolsa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *