Site Overlay

Pandemia transforma previsões de alta do PIB em tombos; veja ranking

Em uma lista com 50 países, o Brasil ocupa a 34ª posição entre os que tiveram o Produto Interno Bruto (PIB) mais impactado pela pandemia da covid-19. É o que aponta um levantamento feito pelo InvestNews considerando as projeções para a economia antes da crise do coronavírus e o resultado efetivamente alcançado.

A lista considera as previsões feitas pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) em outubro de 2019 – ou seja, antes da eclosão da crise da pandemia – e o levantamento dos resultados do PIB de diversos países feito pelo economista Alex Agostini, da Austin Rating.

Antes da pandemia –, o FMI previa que a economia brasileira fosse crescer 2,04% em 2020. O resultado, no entanto, foi um tombo de 4,1%, segundo o dado oficial divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE). O número significa uma diferença de mais de 6 pontos percentuais em relação à previsão pré-pandemia. Apesar da perda, no entanto, a diferença ficou abaixo da média de 7 pontos negativos da lista dos 50 países.

imagem05-03-2021-12-03-08

Entre os 50 países da lista, a média das previsões do FMI em outubro era de crescimento de 2,55%. O que se viu, no entanto, foi um tombo médio de 4,8%.

O que teve o maior impacto foram as Filipinas, com uma diferença de mais de 15 pontos percentuais entre a previsão de crescimento de 6,18% no cenário pré-crise e o tombo de 9,3% do PIB. Já Taiwan foi o único que teve resultado melhor que o previsto, com PIB positivo de 3,1% em 2020 – maior que a previsão de 1,93% do FMI em outubro de 2019.

/* Standard banner (header banner) Code expands to max width of parent element. 970x250,728x90.468x60,300x100 and other sizes. */

Ranking de 2020

Considerando o resultado do PIB de 2020, o Brasil teve a 30º maior queda na lista de países feita pelo economista Alex Agostini. O pior resultado foi o do Peru, que viu sua economia encolher 11% no ano passado, enquanto a ponta positiva foi liderada por Taiwan.

Veja a lista completa:

RANKINGPAÍSResultado do PIB em 20201ºTaiwan3,1%2ºChina2,0%3ºTurquia1,6%4ºNoruega-0,8%5ºLituânia-0,9%6ºCoréia do Sul-1,0%7ºNigéria-1,9%8ºIndonésia-2,0%9ºIsrael-2,2%10ºPolônia-2,7%11ºFinlândia-2,8%12ºSuíça-2,9%13ºEstônia-3,0%14ºSuécia-3,0%15ºDinamarca-3,4%16ºEstados Unidos-3,5%17ºLetônia-3,6%18ºHolanda-3,8%19ºRomênia-3,8%20ºBulgária-3,8%21ºBrasil-4,1%22ºArábia Saudita-4,1%23ºUcrânia-4,2%24ºJapão-4,8%25ºHungria-4,8%26ºChipre-5,1%27ºEslováquia-5,2%28ºAlemanha-5,3%29ºCanadá-5,3%30ºCingapura-5,4%31ºEslovenia-5,5%32ºRepública Tcheca-5,6%33ºMalásia-5,6%34ºHong Kong-6,2%35ºTailândia-6,2%36ºBélgica-6,3%37ºIslândia-6,6%38ºColômbia-6,8%39ºÍndia-6,8%40ºÁustria-7,4%41ºPortugal-7,6%42ºCroácia-8,1%43ºFrança-8,2%44ºMéxico-8,3%45ºTunísia-8,8%46ºItália-8,8%47ºFilipinas-9,3%48ºReino Unido-9,9%49ºEspanha-11,0%50ºPeru-11,1%Fonte: Austin Rating

O resultado do Brasil foi ligeiramente melhor que a queda média de 4,8% dos países analisados. A perda, no entanto, fez com que o país deixasse a lista das 10 maiores economias do mundo, passando para a 12ª posição.

Veja abaixo:

Posição no rankingPaísPIB – US$ BILHÕES CORRENTE1ºEstados Unidos20.807,3 2ºChina14.860,8 3ºJapão4.910,6 4ºAlemanha3.780,6 5ºReino Unido2.638,3 6ºÍndia2.592,6 7ºFrança2.551,5 8ºItália1.848,2 9ºCanadá1.600,3 10ºCoréia1.586,8 11ºRússia1.464,1 12ºBrasil1.420,6 Fonte: Austin Rating

Leia também: