Site Overlay

Usiminas, Gerdau e CSN saltam até 10%; Vale sobe mais de 6%

O Ibovespa, principal índice negociado na B3, segue em alta nesta quarta-feira (22) na esteira da valorização dos papéis das companhias de commodities.

Por volta das 11h, as ações de Usiminas e Gerdau subiam forte em meio à recuperação dos preços do minério de ferro entre as principais altas do indicador. Vale e Petrobras também registravam ganhos.

A resseguradora IRB, que apresentou a maior baixa da seção da véspera, tinha leve alta.

A Totvs operava próximo à estabilidade após precificar as ações de sua oferta subsequente. Veja os destaques registrados por volta das 11h:

Commodities

Usiminas (USIM5) saltava 9,77%, negociada a R$ 15,40, enquanto CSN (CSNA3) subia 8,17%, para R$ 31,11, e Gerdau (GGBR4) ganhava 8,20%, para R$ 26,11. A Vale (VALE3) também registrava alta de 6,12%, para R$ 89,30. O Bank of America (BofA) cortou o preço-alvo dos recibos das ações da mineradora negociados em Nova York, de US$ 27 para US$ 20, e reduziu a recomendação das ações de compra para neutra.

A valorização ocorre após os contratos futuros do minério de ferro na Ásia se recuperaram na véspera, com o contrato de referência de Dalian saltando de uma mínima de 10 meses.

O minério de ferro de janeiro na Bolsa de Commodity de Dalian, na China, fechou em alta de 3,7%, a 668,50 iuanes (US$ 103,41) a tonelada.

Quem também seguia avançando era a Petrobras (PETR4), com alta de 3,05%, negociada a R$ 25,95.

Totvs

A Totvs (TOTS3) caía 0,81%, cotada a R$ 39,43. A gigante de tecnologia anunciou nesta quarta que precificou sua oferta subsequente de ações (follow-on) ao preço de R$ 36,75 cada. A companhia arrecadou R$ 1,44 bilhão no total.

IRB

A resseguradora IRB (IRBR3) subia 0,42%, para R$ 4,80. A companhia informou que no mês de julho registrou prejuízo líquido de R$ 97,6 milhões. A companhia também emitiu R$ 1,16 bilhão em prêmios no mês, uma queda de 24,5% em relação a julho de 2020.

Veja também